Acidente Vascular Cerebral
Mais conhecido popularmente como derrame, o AVC é causado pela falta de sangue em determinada área do cérebro decorrente de obstrução da artéria...
Saiba mais
Ícone representando a figura de um médico

Marcelo Pitarello Moya
CRM 75.021 / RQE 50.019
Cardiologista

Há vinte e nove anos conclui a faculdade de medicina e desde então me dedico a atender os pacientes com ética e respeito.

Me especializei em clínica médica, cardiologia e medicina intensiva.

Um pouco mais sobre mim.

2003

Título de Especialista em medicina intensiva pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira

1997

Residência médica em cardiologia – Beneficência Portuguesa de São Paulo

1995

Residência em clínica médica pela Prefeitura do Município de São Paulo – Hospital Municipal do Tatuapé

1991

Graduação em medicina pela Faculdade de Medicina de Vassouras – Rio de Janeiro

Ativo 67@4x

A Cardiologia

Cardiologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o coração bem como os outros componentes do sistema cardiovascular.

O coração

Ativo 68@4x

Coração é um órgão muscular que, por meio da sua contração, garante o bombeamento do sangue para as diferentes partes do corpo.

Qual a função do coração

O coração desenvolve papel fundamental para nossa sobrevivência.

O coração bombeia o sangue para os pulmões para que eles possam receber oxigênio e depois bombeia o sangue rico em oxigênio para o corpo. Esse bombeamento é fundamental para que nutrientes e oxigênio cheguem a todas as células e para que os resíduos do metabolismo sejam levados até locais adequados para sua eliminação.

As doenças mais comuns do coração

Acidente Vascular Cerebral

Ativo 69@4x

Mais conhecido popularmente como derrame, o AVC é causado pela falta de sangue em determinada área do cérebro decorrente de obstrução da artéria ou por sangramento devido ao rompimento de um vaso sanguíneo.

Causas

Hipertensão arterial, fibrilação atrial, diabetes, tabagismo, uso de pílulas anticoncepcionais, álcool e problemas relacionados à coagulação sanguínea

Sintomas

Os sinais e sintomas do AVC acontecem de forma súbita podendo ser únicos ou combinados.

Pode haver enfraquecimento, adormecimento ou paralisação da face, braço ou perna de um lado do corpo, alteração de visão (ficando turva ou até mesmo a perda), dificuldade na fala ou compreensão.

Pode ocorrer também tontura sem causa definida, desequilíbrio, falta de coordenação no andar ou queda súbita e ainda dores de cabeça fortes e persistentes além de dificuldade para engolir.

Prevenção

Adotar uma dieta equilibrada, fazer atividade física, controlar o colesterol, a pressão arterial e níveis de açúcar no sangue.

Arritmias Cardíacas

Ativo 70@4x

São alterações na frequência e no ritmo cardíaco.

O coração pode apresentar um batimento muito rápido (taquicardia), muito lento (braquicardia) ou irregular.

Causas

Hipertensão, diabetes, colesterol alterado, tabagismo e sedentarismo.

Distúrbios do sono como ronco e apneia obstrutiva também são fatores de risco para o desenvolvimento da arritmia.

O consumo de álcool e/ ou energéticos também podem induzir a uma arritmia.

Sintomas

Os mais comuns são palpitações ou “batedeiras”, desmaios e tonturas.

Alguns casos podem apresentar confusão mental, fraqueza, pressão baixa e dor no peito, mas também podem ser assintomáticas.

Prevenção

Pacientes que já apresentam histórico de problemas cardíacos como infarto, insuficiência cardíaca ou que já tenham passado por alguma cirurgia cardíaca são mais propensos à arritmia e o acompanhamento médico é muito importante.

Insuficiência Cardíaca

Ativo 71@4x

É uma doença em que o coração não consegue mais bombear sangue suficiente para o corpo, comprometendo as funções e necessidades do organismo. Apesar de haver a possibilidade de se desenvolver repentinamente, esta é uma doença crônica e de longo prazo.

Causas

No Brasil a causa mais comum para desenvolver a insuficiência cardíaca é a doença coronariana, que apresenta o estreitamento dos vasos, que são os responsáveis por levar o oxigênio para o músculo do coração.

Sintomas

Pode não haver sintomas nos primeiros estágios da doença, ou podem ser gradativos com o passar do tempo.

A falta de ar é bem comum em pessoas que sofrem de insuficiência cardíaca que podem apresentar tosse, inchaço nos membros inferiores, ganho de peso, palpitações, fadiga, diminuição da concentração, náusea e suor excessivo.

Ativo 72@4x

As mulheres e as doenças Cardiovasculares

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, atualmente, as doenças cardiovasculares em mulheres já ultrapassaram as estatísticas de câncer de mama e de útero. Entre as causas estão as mudanças no estilo de vida da mulher.

As brasileiras, principalmente acima dos 40 anos, as cardiopatias chegam a representar 30% das causas de morte, a maior taxa da América Latina.

Fatores de risco para doenças cardíacas

Fatores de risco para doenças cardíacas: Álcool, Colesterol Elevado, Tabagismo, Estress, Hipertensão, Sedentarismo / Obesidade e Diabetes

Fatores de risco para doenças cardíacas

Fatores de risco para doenças cardíacas: Álcool, Colesterol Elevado, Tabagismo, Estress, Hipertensão, Sedentarismo / Obesidade e Diabetes